Sintonia

Elarge (1)u e a primavera estávamos em Paris. Era começo de noite e do restaurante eu via a torre Eiffel. Minhas tentativas de pedir um prato em francês estavam fracassando quando uma outra voz que não era minha, ou da atendente – e, provavelmente, não era da primavera – ecoou enquanto o dono dela puxava a cadeira ao meu lado e se juntava a mim à mesa.
Talvez eu deveria ter reagido, mas sofro de impossibilidade-de-reação-ao-ouvir-homem-sexy-falar-francês. Nos olhamos por longos deliciosos segundos. Ele falou algo, soava bonito e ritmado, mas tudo que consegui entender foi que era uma pergunta por causa da entonação. Pedi pra ele repetir, mas ele não podia me entender. Continuamos nessas tentativas frustradas que se transformaram em sorrisos e gargalhadas. Até sua gargalhada tinha um sotaque francês…
Conseguimos nos apresentar e começar uma conversa com um pouco de nexo. Ele me ensinou um pouco de francês e jantamos e rimos e nos divertimos.
E no fim da noite a primavera e Paris assistiram nosso beijo: O momento em que finalmente parecíamos estar falando a mesma língua.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: