A menina do lenço

A menina não tem cabelos ao vento, em seu lugar, tem um lenço. Esse lenço é trocado todo dia, “de acordo com meu humor” diz ela. Engraçado, o lenço que usa é sempre um de cor bonita e alegre, a menina parece nunca estar triste. Ela adora se maquiar, sempre foi assim, desde que descobriu o estojo da mãe. Se pinta combinando com o lenço, uma graça.
A menina passa muito tempo no hospital, mas com sua simpatia já fez várias amigas dentre as enfermeiras e colegas de quarto, juntas elas brincam por horas, conversam sobre música, teatro, dança, por sinal, ela ama dançar, passaria horas bailando se pudesse. Recebe muitas visitas, quem a conhece sempre volta pra vê-la novamente.
No seu quarto, sua cama é logo identificada, lá está Maria, a boneca que ganhou de sua mãe pouco depois que descobriu a doença. Maria também usa um lenço, que também é trocado todo dia, ela não tinha muitas coisas, mas assim como a menina, Maria tem um belo sorriso no rosto.
Quando as enfermeiras estão ocupadas e não tem visitas, a menina adora olhar pela janela do hospital, de lá vê várias borboletas, ela acompanha o voo das borboletas e aquilo causa nela uma alegria imensa, a menina mostra a paisagem a Maria e juntas gastam horas e horas apenas observando a natureza, as cores, as formas e aquelas borboletas.
A menina é tão feliz, e não se sabe disso porque ela diz, a menina transmite alegria, sorri por pouca coisa, por poucas palavras. Ela chora, lógico, quem não chora? Mas ela sabe o valor do sorriso e não gosta de perder tempo com as lágrimas.
E eu imagino o quanto a gente tem a aprender com a menina e com a boneca, têm tão pouco e se agradam com o que tem, têm tantas dificuldades, mas não tiram o sorriso do rosto. Acho que às vezes temos que usar o lenço delas, perceber as coisas simples e ignorar as coisas pequenas, pois é, às vezes simples e pequeno são palavras antagônicas. A verdade é que o mundo deveria ter mais pessoas assim, com lenços, lenços ideológicos.

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Rafaela Pequeno
    out 18, 2012 @ 21:48:49

    Que texto maravilhoso. To aqui besta, era tudo o que eu precisava ler hoje… Obrigada.

  2. IasminMendes
    out 27, 2012 @ 14:29:03

    Ow amiga, obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: