A hora

Por Danillo Cavalcante

Hora rápido,
Hora devagar
Nem vejo passar
Ainda dizem que é a luz
Eu já não acho
Leva tudo sem pena
Não espera ao menos lembrar
De como aconteceu
Hora rápido,
Hora devagar
Não há como mudar?
Parece que já mudou.

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. stellio mendes
    jan 15, 2012 @ 23:54:04

    êta, poemas de volta.
    que bom!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: