Indecisão, dúvida, confusão

Você me abraça por trás,
faz brincadeiras,
me faz cóssegas.
Depois você abraça outra,
passa não fala,
finge que não vê.
E daí eu me pergunto
Em que eu acredito?
Em qual dos dois você eu me apego?

Não tenho obrigação de perdurar nesta dúvida..
Às vezes acho que estou sendo otimista demais.
Às vezes acho que estou sendo pessimista demais.
E sempre eu me pego nesta confusão.

Se é “sim”, diga, demonstre
Se é “não”, também
Mas só o “se” não vale

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: