A voz do inoscente

É a noite, eu estou muito confusa, o teste deu positivo o que significa que minhas suspeitas eram reais, eu tenho uma vida dentro de mim e não sei o que fazer com ela, eu nem sei o que fazer com minha própria vida, e na verdade agora elas são uma só perdidas na minha confusão. Eu estou sozinha, o único que sabia do meu segredo me abandonou dizendo que a culpa foi minha, e realmente foi, fui fraca demais pra dizer que “Não, se não fosse do jeito certo, não seria de jeito nenhum”, fui incapaz de rejeitá-lo por causa do meu rídiculo amor e da minha fraqueza. Me sentia completamente só e frágil. Não podia contar às minhas amigas, o colégio todo logo saberia e acho que elas não iriam me apoiar e ainda por cima ficariam condenando meu erro. Os meus pais, bom, talvez ficassem do meu lado, mas seria a maior decepção de suas vidas e seria uma frustração ser a culpada por essa decepção.
Fazem duas horas que descobri o fato, estou no meu quarto, percebendo o quanto sou nova, estou abraçada com meu urso, o nome dele é Tom, e até dois meses atrás ele era o único que me via dispida, mas agora vou ter que agir como uma mulher, afinal eu quis ser uma mulher quando corri o risco de engravidar ou até algo pior agora teria que aguentar as consequências e não ficar olhando pra um boneco, não posso mais dizer que sou ingênua, muito menos inoscente, mas o fato é que eu sou apenas uma garota, muito, muito confusa. Acho melhor dormir, com tanto problema, é bom pelo menos cuidar da minha saúde, passei a mão sobre minha barriga que ainda estava quase imperceptível e falei com ele:
– Filho, eu já sinto você dentro de mim, sua alegria me comove, mesmo me causando enjôos e tudo mais eu te amo, amo sim, e não sei porque se você ainda nem nasceu, mas eu sinto que eu te amo. Mesmo assim, filho, não sei se posso continuar com você, pense bem, talvez seja melhor pra nós dois que você não nasca, o mundo é muito cruel, e eu não teria como lhe mostrar o lado bom da vida, eu sou muito nova filho, seria muito difícil uma criança cuidar de outra. Talvez eu tenha que te tirar porque não sei se aguentarei cuidar de você quando cresceres. Lembre-se meu amor, eu te amo, mas tenho medo de não ter ninguém do meu lado e de não conseguir cuidar de ti sozinha.
Fechei os olhos.
– Mãe, não te entendi, se você me ama porque quer se livrar de mim? Não sei muito bem o que aconteceu, nem como cheguei aqui, mas dentro de você mamãe eu me sinto bem, seguro e feliz e sei que é assim que me sentirei quando nascer. Você é tudo o que eu tenho e eu prometo que te darei forças pra seguir em frente, eu vou te dar o amor e carinho que muitas pessoas irão te negar. Mãe não me deixas, vamos vencer juntos, sei que não foi na hora certa que eu apareci, mas a culpa não foi minha eu juro. Eu não quero luxo, eu quero amor e eu sei que isso você pode me dar, não liga pra o que vão dizer da gente, eu estarei com você sempre e sempre, mas por favor mãe me deixa viver.

O aborto é uma crueldade contra uma vida, uma criança não tem culpa de nada, é um mero inoscente que precisa de amor. Se há um filho dentro de você acolha-o, ame-o e siga em frente, as barreiras existirão, mas supere-as, aprenda a ser feliz com um filho ao seu lado, deixe-o viver e viva com ele. DIGA NÃO AO ABORTO.

Anúncios

4 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Jujuh
    jan 17, 2011 @ 17:07:43

    Caramba que lindo, amei :O

  2. IasminMendes
    jan 17, 2011 @ 17:08:39

    Obrigada amiga *O*

  3. Julyana
    jan 19, 2011 @ 19:03:13

    muuuuuito lindo o texto e é a verdade! parabéns *-*

  4. IasminMendes
    jan 19, 2011 @ 21:46:21

    Owm, obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: