Tudo, menos o essencial

Odeio quando esnoba a todos, ou quando tenta (desesperdamente) chamar atenção, e ainda quando um fato acontece em consequencia do outro. Odeio teu olhar malicioso, que chega a ser erótico, perseguindo toda e qualquer mulher que cogite aparecer em teu campo de visão. Odeio sua maneira infantil de defender seus interesses completamente fúteis e a forma como não aceita quando estes são barrados, és o retrato de uma criança birrenta.
Odeio.
Odeio o contraste do seu excesso de músculos com seu cérebro vazio e a forma que você trata isso como algo positivo. Ah, o modo como você anda, deixando claro sua suposta superioridade eu também odeio. Bem como suas roupas que mais parecem embalagens, pois só mostram a marca. Odeio seu twitter repleto de nomes de lugares caros que talvez você nem tenha ido. Basicamente odeio cada ato, palavra e fato que venha de você.
Odeio a forma como falas com toda e qualquer pessoa, quase submentendo-as a você, odeio também o fato de que muitas vezes algumas delas se submetem, mas isso não vem ao caso. Odeio suas mentiras que enganam a todos por serem acobertadas pelo seu charme, às vezes até me engana e eu odeio.
Mas todo esse ódio, é apagado, quando passas por mim e eu percebo que eu não sou nada mais que uma apaixonada procurando racionalizar meu coração, sem conseguir. E sinceramente, eu odeio isso também, mas não em você, em mim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: