Amor de verão

Era verão, casa de praia, mada pra fazer, era como tirar férias da vida. Saí com minhas amigas para pegar um bronzeado, sem tempo, sem rotina, era um verão como qualquer outro e só assim já era especial. Logo no primeiro dia, chegamos à praia animadas, três branquelas dentre aqueles corpos bronzeados, nos sentíamos como estrangeiras.
As meninas preferiram voltar cedo para casa e eu decidi ficar mais um pouco, enquanto elas sumiam na escuridão que começava a aparecer, eu comprei uma água de côco e me fiquei ouvindo as ondas do mar, sentada em uma pedra e não pretendia sair dalí tão cedo, foi quando ouvi uma voz desconhecida, mas suave e encantadora:
-Sozinha por aqui? Não tem medo de ser assaltada?
Me virei e quando me recompus senti minha voz sair trêmula:
– Ao som do mar eu procuro não me preocupar com coisas banais.
– Prometo não ser banal se me der a honra de sua companhia.
Bastou isso para eu me apaixonar, bronzeado de olhos claros e cabelos estilo surfista, me beijou subtamente, mas com todo respeito, talvez fosse loucura, mas eu me entreguei plenamente a ele, havia algo que me garantia certa segurança ao estar ao seu lado, nos encontramos várias outras vezes, ele me deu presentes, cantou e tocou violão, eu me senti única, amada, nunca havia me envolvido tanto em um romance.
Mas como na música “Todo carnaval tem seu fim” e chegou o dia de ir, ele era de longe e provavelmente nunca mais iríamos nos encontrarm ele me levou à pedra onde tudo começou, nosso primeiro encontro, primeiro beijo, amor a primeira vista, nós nos despedimos com a infeliz certeza que não nos veríamos tão cedo, mas sabendo que valeu a pena cada momento. Meu amor de verão foi eterno até chegar o outono.

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Mônica
    set 04, 2010 @ 16:35:21

    Muito linda essa história eu acho que é verdadeira
    muitas pessoas acontecem isso e isso nos deixa tão tristes por que é um amor que a gente ninca vai mais vamos ver, então valeu cada minuto que estavamos naquele lugar…
    Bjusxxxxxx adorei a história.

  2. iasminmendes
    set 08, 2010 @ 18:19:27

    Obrigada, achei que fosse a realidade de várias pessoas, então decidi postar mesmo não sendo a minha (:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: